segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

De volta ao Tudo Impressão!

Praia de Boa Viagem - Recife | PE

Finalmente! Depois de duas semanas largadas, volto aos meus contos e causos cotidianos do blog. Descanso merecido, pra quem trabalhou demais em 2010! Agora começando mais um ano com as energias recompostas! Espero trazer mais novidades e coisas bonitas de se ver para vocês apreciarem!

E falando em coisas bonitas, vou contar que isto é o que nosso país mais tem a oferecer - tanto da natureza quanto de seus artesanatos e suas artes. Todo dia me certifico ainda mais disso. Estive no nordeste, conhecendo um pouco mais dos lados de lá da banda leste do Brasil. Só maravilhas. Começando pelo sol maravilhoso, que o sul e o sudeste tanto têm pedido nos últimos dias.

Comecei o trajeto por Recife, em Pernambuco. Pela programação não pude conhecer tanta coisa de Recife (até porque o caos nos aeroportos me fizeram perder um dia de viagem), conheci só um pouco da praia de Boa Viagem - onde é melhor evitar o banho de mar por causa dos tubarões!

Máscaras do Carnaval de Olinda | PE
De lá segui pra Olinda-PE (ou Ólinda - como dizem os da região / sotaque mais do que bom. adoro!). Lá é maravilhoso, apesar de também ter passado um pouco na correria, vi o máximo que me foi permitido! Digo que é Ouro Preto de Pernambuco - cidade antiga, cheia de igrejinhas e uns bons morros pra subir - com a diferença de ter um horizonte com um mar (fato que não existe em Ouro Preto, no meio de Minas).

Artesanato bonito é o que não falta! Toalhas de fibra de coco, bonecos de manipular, máscaras de carnaval, artesanatos de barro e afins, instrumentos, 

Toalha de mesa de fibra de coco
guarda-chuvas do frevo, rendas, xilogravuras, flores de escama de peixe, bonecões - os famosos de Olinda - muita coisa! Na Igreja, que vi bem rapidinho, lindos azulejos pintados - tipo aqueles portugueses. Deslumbrantes!

Tem também nas lojas e galerias, muitos móveis antigos e muitos conjuntos de louça também, todos trabalhados e delicados. As xilogravuras, que também são bem recorrentes, acredito que sejam uma tradição da região, principalmente pela cultura das literaturas de córdeis que eram contempladas com capas e ilustrações de xilogravuras.






Colaborando com os Bonecos de Olinda


O povo além de muito educado, tem o maior bom humor do mundo e um sotaque arretado. Quando cheguei no espaço para conhecer os Bonecos do Carnaval de Olinda, um moço logo vestiu-se no boneco e começou a dançar pra gente sentir o balanço e o frevo da região! Com música e tudo! Delícia! Empolguei demais e dancei junto!





Renda Renascença


A renda renascença, como muitos não sabem, é uma técnica têxtil que teve sua origem em Veneza, na Itália e foi trazida para o Brasil através das freiras européias. Este lindo e delicado bordado difundiu-se aqui no nosso país através das rendeiras nordestinas que foram responsáveis por passar esta arte de geração em geração. A renda é feita com agulha, linha e lacê - com materiais em mãos bordam toalhas, lençóis, vestidos, blusas, coletes, porta copos, porta guardanapos e afins. É uma renda que ficou marcada por ser feita exclusivamente à mão, com traços marcantes, pontos exclusivos e entrelaçados super delicados. Em seu traçado desenhos concêntricos projetam linhas sinuosas e divergentes. Como tradição era feita na cor branca, mas no Nordeste passou a ser feita também em outras cores como preta, marrom café, laranja e azul marinho. 

A arquitetura da cidade também é linda - casas ao estilo colonial, muitas igrejas, azulejos de todos os tipos e formas, casas coloridas, janelas elaboradas, madeira, detalhes com ferro:

Azulejo semelhante ao da Igreja | Museu em Olinda

Janela de uma casa em Olinda




   
 Faixada de uma casa em Olinda

bonecos de manipulação





                  
Xilogravuras e Flores de escama de peixe

E aí, gostaram?

Deixem suas opiniões nos comentários!!!

Boas Impressões!

Um comentário:

  1. Bonitinha demais entre as mascaras...
    Saudade de vc! manda beijo pro tutu!!!!

    ResponderExcluir